X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

RSC Portal - IMPRESSO CATARINENSE

RSC Portal - JORNAL IMPRESSO CATARINENSE

Partido catarinense elege 11 mulheres em prefeituras de diferentes regiões

Eleições confirmam MDB como o maior partido de Santa Catarina

Por RSC Portal dia em Notícias

Partido catarinense elege 11 mulheres em prefeituras de diferentes regiões
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

O MDB reafirmou a posição de maior partido de Santa Catarina ao eleger 96 prefeitos (11 mulheres) e 67 vices (seis mulheres) neste domingo (15). Em 37 municípios a legenda venceu com “chapa pura”, ou seja, vai responder pelos dois cargos. Emedebistas comandarão cinco das 20 cidades mais populosas do Estado: Itajaí, Jaraguá do Sul, Camboriú, Brusque e Gaspar. Além disso, um em cada quatro catarinenses será governado pela sigla a partir de 2021.

 

— Mesmo não elegendo 120 prefeitos como pretendíamos, temos muito o que comemorar. Ganhamos em quase 50% dos 206 municípios onde éramos cabeça de chapa, aumentamos nossa presença feminina e vamos administrar municípios que, somados, totalizam mais de 25% da população do Estado — avalia o presidente estadual do MDB, deputado federal Celso Maldaner.

 

Os dados citados pelo dirigente ficam ainda mais significativos na comparação com outros partidos. O MDB tem quase o dobro de prefeituras do segundo colocado, estará presente na gestão de 136 municípios (com prefeitos ou vices) e seus candidatos às majoritárias (vencedores e vencidos) receberam cerca de duas vezes mais votos do que a legenda mais próxima. Embora satisfeito, Maldaner acredita que o resultado poderia ser melhor:

 

— Vínhamos com um trabalho muito forte de organização, com nossas 36 coordenadorias regionais, e a pandemia dificultou a mobilização. O impeachment do governador também afetou, pois manteve nossos nove deputados estaduais focados nessa questão. Outro fator foi a prorrogação das eleições para novembro, que prejudicou nossos prefeitos que tentavam se reeleger. 

 

O presidente considera cedo para falar de 2022, mas assume que os números do partido em Santa Catarina o credenciam como um aliado a ser cortejado ou um adversário a ser temido. Salvo alguma mudança imprevista provocada pelo dinamismo que caracteriza a política, Maldaner garante: o MDB terá candidato próprio para disputar o governo estadual.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Partido catarinense elege 11 mulheres em prefeituras de diferentes regiões

Enviando Comentário Fechar :/