X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

RSC Portal - IMPRESSO CATARINENSE

RSC Portal - JORNAL IMPRESSO CATARINENSE

Novo comandante do Avaí quer resgatar a confiança e trabalhar no limite voltar a vencer

Claudinei Oliveira conquistou o acesso com o time em 2016

Por RSC Portal dia em Notícias

Novo comandante do Avaí quer resgatar a confiança e trabalhar no limite voltar a vencer
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Foto: Leandro Boeira / Avaí FC 

O técnico Claudinei Oliveira dispensa apresentações depois de comandar o Avaí por 102 jogos, com 44 vitórias, 29 empates e 29 derrotas, um aproveitamento de 52,61% em quase dois anos de trabalho. Ao chegar à Ressacada na manhã desta quinta-feira (10), foi logo para o gramado comandar a atividade, ao lado do auxiliar técnico Luciano Gusso, que o acompanha nesta sua segunda passagem pelo Leão da Ilha. “Sinto-me como se estivesse voltando para casa”, disse.

“Eu estava ao lado de Campinas e poderia ter ficado lá. Fiz questão de vir, dar o treino hoje e já voltar para Campinas onde jogamos com a Ponte Preta. Eu poderia ficar na zona de conforto, não me comprometer. Mas o recado que quero passar é este comprometimento, botar a cara. Temos jogadores cansados do jogo de terça-feira. Então a gente precisa fazer algumas coisas diferentes, não dá para se omitir. Nem eu e nem os atletas”, acrescentou.

Segundo Claudinei, passa um filme na cabeça chegar novamente ao Avaí. “Lembrar de como cheguei aqui em 2016, quando conquistamos o acesso. Se a gente pegar aquele ano como parâmetro, o objetivo será alcançado de novo. Temos consciência de que será difícil. Pretendemos iniciar uma nova história. Não vim para fazer onze jogos apenas. Vou terminar esses jogos e fazer mais jogos com o Avaí, por mais que o acordo seja esse, não sairia de casa de fosse para fazer onze jogos. Temos pouco tempo, precisamos fazer o mais simples”.

Neste reinício de trabalho, o novo comandante azurra disse que é preciso ter calma, não acelerar. “Estratégia para fazer a bola chegar ao gol. Em momentos ruins a confiança não vem. A partir do momento em que as vitórias começarem a vir, tudo melhora. Encontramos muitos atletas lesionados, não estamos com a totalidade do elenco. Precisamos melhorar a performance, onde as chances são melhores. Aproveitar o que foi feito de bom. não dá para achar que tudo que o Geninho fez aqui está errado. Boa parte do que ele fez a gente vai acabar aproveitando”, enfatizou.

Sobre a sua relação com o Avaí, Claudinei lembrou bastante dos grandes momentos, principalmente o acesso de 2016. “Chegamos aqui num momento difícil para o clube. A gente volta e vê o que o clube evoluiu, que as coisas melhoraram, a condição financeira é outra. Jogadores que lançamos e deram uma resposta financeira para o clube ao serem negociados.  Temos uma gestão responsável e coerente do presidente Battistotti, um salto de qualidade em campo e na gestão. O Avaí hoje é muito respeitado no Brasil inteiro. O caminho é este, deixar um legado”.

O novo técnico finalizou pedindo um voto de confiança a todos. “As coisas não serão tão rápido como a gente quer. Mas que o torcedor acredite no nosso trabalho. Não faltará empenho. Todos trabalhando no limite, com a corda bem esticada. As coisas não virão fáceis. No Avaí é assim, um time de guerreiros, um time de monstrão, como foi em 2016. Uma pegada muito forte, sempre com a posse de bola, buscar o gol adversário, tentar fazer o gol. Ninguém quer posse de bola, quer o gol. Uma equipe vertical e aplicada defensivamente e ações ofensivas coerentes”, finalizou.

Confira a entrevista de Claudinei Oliveira:

 

 
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Novo comandante do Avaí quer resgatar a confiança e trabalhar no limite voltar a vencer

Enviando Comentário Fechar :/