X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

X

ESTAMOS AO VIVO!

Libere o áudio no canto inferior direito!

RSC Portal - IMPRESSO CATARINENSE

RSC Portal - JORNAL IMPRESSO CATARINENSE

Desarticulado tráfico de drogas entre MS, SC e RS

Foram cumpridos 100 ordens judiciais, com 35 presos.

Por RSC Portal dia em Notícias

Desarticulado tráfico de drogas entre MS, SC e RS
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Roberta Obelheiro

 

A Polícia Civil de Santa Catarina desencadeou uma grande operação de combate ao tráfico de drogas na manhã desta quinta-feira, 22, com cumprimento de mandados na Praia do Rosa e na Encantada. A quadrilha é suspeita de funcionar como uma revenda de drogas, fazendo a ligação entre Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Chamada “All In”, a operação contou com 200 policiais para cumprir 100 ordens judiciais, sendo 46 mandados de busca e apreensão, 35 de prisão preventiva e 11 medidas cautelares de forma simultânea nos três estados. Nas cidades de Imbituba e Garopaba foram realizadas 11 prisões e apreendidos seis veículos, 2kg de maconha e dinheiro em espécie, sendo R$ 10 mil e U$ 600 dólares.

O ponto de partida da ação foi a apreensão, em fevereiro deste ano, de aproximadamente 2 toneladas de maconha em um galpão no bairro da Encantada, que pertencia a um dos chefes do esquema. Na ocasião, foram apreendidos diversos veículos de luxo e cerca de R$ 80 mil em dinheiro. Após 10 meses de investigação, a Delegacia de Polícia Civil de Garopaba identificou 46 integrantes dessa organização criminosa, que em quatro meses movimentou cerca de R$ 2 milhões em entorpecentes.

Na Praia do Rosa foram cumpridos mandados em cinco residências, na região do Campo Duna, Caminho do Rei e Estrada do Bicão e foi presa uma das principais lideranças da quadrilha, com quem encontraram um veículo de alto padrão, drogas e dinheiro. Nestes locais residiam membros da organização responsáveis pelo transporte, contabilidade e revenda das drogas para cerca de 15 traficantes do Rio Grande do Sul e sete da Grande Florianópolis. Na Encantada foram presos familiares – companheira, pai e tio - do responsável pelo galpão.

Quadrilha recebia e revendia drogas entre os estados

O esquema desmantelado funcionava como uma revenda de grande porte de entorpecentes, principalmente maconha. A droga era transportada por caminhões do Mato Grosso do Sul para Garopaba, onde ficava armazenada, era fracionada e revendida para outros traficantes gaúchos e catarinenses.

O delegado regional de Laguna, Raphael Giordani, que abrange os dois municípios envolvidos, afirmou em coletiva à imprensa que a quadrilha era uma organização criminosa com alto poder aquisitivo. “Como a região de Garopaba e Praia do Rosa é frequentada por classes de médio a alto padrão, por isso esses criminosos se comportavam desse modo, e utilizavam de imóveis e veículos como uma vitrine para o tráfico de drogas. Mas quebramos a organização com essa operação e acreditamos que aqui se encerra a atuação deles”, explicou.

O delegado titular de Garopaba, Walter Loyola, foi o responsável pela investigação que desmantelou a quadrilha, que classificou como bastante complexa, já que envolvia muitos membros, inclusive familiares. “Nós nunca prendemos tantas pessoas em uma mesma operação, foram meses de uma investigação árdua. Mas conseguimos elementos para comprovar quem eram os responsáveis pela contabilidade, repasses e depósitos de valores, busca e distribuição da droga, além dos traficantes que se abasteciam com a quadrilha”, garantiu.

 “All In” – o nome da operação faz alusão a uma jogada de pôquer, onde se aposta todas as fichas para ganhar de todos os seus oponentes numa única rodada, sendo este o objetivo da operação policial que tem como foco desmantelar numa única ocasião toda uma organização criminosa. A operação contou com a participação de cerca de 200 policiais civis de Santa Catarina, das delegacias regionais de Laguna, Tubarão, Criciúma, Araranguá e de Combate às Drogas de Florianópolis, com apoio do Serviço Aéreo Policial da Polícia Civil, e das polícias Militar e Rodoviária Federal.

Até o final do dia, alguns dos suspeitos não haviam sido localizados e são considerados foragidos. A polícia não divulgou o nome das pessoas envolvidas.

A Operação ALL IN contou com a participação de cerca de 200 Policiais Civis dos Estados de Santa Catarina (DRP - Laguna, DRP – Tubarão, DRP – Criciúma, DRP – Araranguá e DECOD – Florianópolis), do Estado do Rio Grande do Sul e do Estado de Mato Grosso do Sul.

Tendo ainda o apoio fundamental do Serviço Aéreo Policial (SAER - Sul/SC), Polícia Rodoviária Federal (Santa Catarina) e de Policiais Militares do Estado de Santa Catarina.

Confira galeria de fotos do artigo: "Desarticulado tráfico de drogas entre MS, SC e RS"

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Desarticulado tráfico de drogas entre MS, SC e RS

Enviando Comentário Fechar :/