X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

Woodstock 2k
Tabacaria Cardoso
Pães e Cucas em Garopaba
Clube do Assinante Impresso Catarinense
Snet Telecom
King Barbearia
Raancon Construtora

Tubarão: Mãe de fugitivo entrega filho no presídio de Tubarão após 24h em 'liberdade'

Seguem à solta após a fuga desta terça-feira (17) outros três detentos

Por Redação do RSC dia em Notícias

Tubarão: Mãe de fugitivo entrega filho no presídio de Tubarão após 24h em
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Foto: Reprodução/Notisul

Jean Franck Machado, de 34 anos, natural e morador da Cidade Azul, retornou ao Presídio Regional Masculino de Tubarão, no bairro Bom Pastor, por volta das 16h desta quarta-feira (18). O homem, que cumpre pena por tráfico de drogas, furto, roubo, invasão de residência e crime de ameaça, havia fugido da unidade carcerária no início da tarde desta terça (17), acompanhado de outros três detentos, todos do Regime Fechado.

A mãe de Jean foi a responsável pela 'boa ação' do dia. Foi ela quem persuadiu o filho a se entregar e o levou nesta tarde à unidade prisional. O ato foi reconhecido por agentes penitenciários de plantão, que conduziram, o então fugitivo, para trás das grades.

Seguem à solta após a fuga desta terça-feira os detentos Osvaldo Henrique Zappe, de 27 anos, natural de Foz do Iguaçu (PR), Natan Machado da Silva, 20, de Rio Fortuna, e Welliton Pereira Camilo, 24, de Braço do Norte. Denúncias podem ser feitas diretamente para a PM por meio da Central Regional de Emergências no número 190. É importante citar que se alguém estiver ajudando os foragidos sabendo da situação estará coagindo em crime e poderá responder na justiça.

Presídio Regional Masculino de Tubarão

Conforme informações de um funcionário do local, há falhas estruturais graves na instituição, inaugurada em 16 de novembro de 2010, inicialmente com o prédio do Regime Semiaberto. "Não há muro ao redor que dá acesso à rua. Estouraram uma gaiola que fica no pátio, que a gente chama de 'brete'. O que cerca o presídio é uma cerca de tela de galinheiro. Não houve problemas de vigilância, mas sim físicos", alerta.

Há muito tempo que o Presídio Regional Masculino de Tubarão está com superlotação. O Regime Fechado tem 32 celas, com capacidade para oito reclusos cada, já o Semiaberto tem dez celas e capacidade para 12 reeducandos cada, mas a média deste último setor está entre 20 por cela, o que dá 240 detentos - capacidade deste setor é 120 -, bem acima do limite. No fechado, conforme informações internas, há entre 15 a 16 em cada cela, o que soma cerca de 500 encarcerados, mas a capacidade é de 256. Dificilmente uma unidade prisional em Santa Catarina segue o limite de lotação. Esta realidade ocorre com muita normalidade em praticamente todo o país, apesar de ações do Ministério Público e do Judiciário que pretendem coibir esta prática. A grande culpabilidade deste 'depósito' carcerário é do Estado, que não consegue suprir a demanda.

No dia da inauguração do Semiaberto em Tubarão (16/11/2010), o então governador à época, Leonel Pavan disse: "Gostaria de estar aqui na cidade inaugurando uma escola, e não um presídio. Só poderemos mudar toda esta dificuldade e reduzir o número de crimes, de presos e de unidades quando o investimento em educação for muito maior que o capital injetado em segurança pública".

Fonte: Notisul

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Tubarão: Mãe de fugitivo entrega filho no presídio de Tubarão após 24h em 'liberdade'

Enviando Comentário Fechar :/