X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

O Guaraná oficial de Imbituba
Seu pedido é uma ordem
Snet Telecom

Ronaldinho passa noite em cana no Paraguai

Ele foi algemado, mas com as mãos cobertas para a audiência, de acordo com informações do Globoesporte.com.

Por RSC Portal dia em Notícias

Ronaldinho passa noite em cana no Paraguai
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Foto: Jorge Saenz/AP
Fonte G1

 

A Justiça do Paraguai cometeu um abuso ao algemar Ronaldinho Gaúcho para que ele compareça a uma audiência neste sábado (7), disse o seu advogado brasileiro, Sérgio Queiroz, quando estava a caminho de Assunção.

Ronaldinho e seu irmão Roberto de Assis chegaram para depor em uma audiência na Justiça do Paraguai neste sábado (6). Eles passaram a noite em uma prisão em Assunção. Ele foi algemado, mas com as mãos cobertas para a audiência, de acordo com informações do Globoesporte.com.

 

“Eles (Ronaldinho e seu irmão, Roberto de Assis) não são réus, mas investigados, eles não apresentam risco de fuga ou agressão para as autoridades. Isso foi feito para atacar a imagem deles. É uma situação absurda”, afirmou Queiroz.

 

O advogado disse ao G1 que a Justiça do Paraguai faz um circo do caso. Ele critica o fato de a decisão de manter o ex-jogador preso durante a última noite foi tomada por um juiz plantonista, e pelo fato de o Ministério Público ter trocado o promotor que estava à frente do caso.

“Como se pode afastar um promotor para ter uma decisão desfavorável ao investigado? Armou-se um circo”, afirmou.

 
 
Ronaldinho Gaúcho passa noite em cela no Paraguai

Ronaldinho Gaúcho passa noite em cela no Paraguai

 

 

Cronologia

 

Na quarta-feira (4), os dois entraram no Paraguai utilizando passaportes adulterados e ficaram sob custódia no hotel.

Na quinta-feira (5), os dois foram ao Ministério Público dar declarações. O promotores informaram ter entendido que os dois haviam sido enganados, e por isso não seria apresentada acusação formal.

A audiência da sexta-feira (6) durou quase sete horas, o juiz disse que não iria acatar a sugestão do Ministério Público de que Ronaldinho e Assis eram inocentes e deu um prazo para que a acusação voltasse a se pronunciar, em até dez dias.

Surgiu então a informação de que Ronaldinho e Assis iriam deixar o Paraguai – até aquele momento, eles poderiam deixar o país, pois não havia nenhuma acusação contra eles. O Ministério Público, diante disso, solicitou a detenção.

O advogado do Ronaldinho explicou à GloboNews que iria pedir à juíza que alisa o caso a soltura dos dois e depois a liberação para voltar ao Brasil.

 
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Ronaldinho passa noite em cana no Paraguai

Enviando Comentário Fechar :/