X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

Frutos de Goiás Imbituba
Barbearia Vip Imbituba
MC CELULARES
Z12 Sushi Imbituba
Tabacaria Cardoso
O Guaraná oficial de Imbituba
Carla Carvalho Studio Pilates e Suspensão
Clinica Odontológica Integrada
PAES E CUCAS
Mini Calzone Garopaba
Snet Telecom
Dedetizadora D.D. Sul

Movimento intenso no acesso ao Porto de Imbituba

Foram embarcadas 119 mil toneladas em operação recorde de granel sólido

Por Redação do RSC dia em Notícias

Movimento intenso no acesso ao Porto de Imbituba
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A desatracação do navio LOWLANDS ERICA do Porto de Imbituba, na manhã desta terça-feira, 9 de junho, marcou a conquista de um novo recorde operacional histórico de embarque de granel sólido em uma instalação portuária no estado de Santa Catarina. A operação de carregamento foi realizada no atendimento ao navio LOWLANDS ERICA, que desatracou com 119.768,51 toneladas de minério de ferro de exportação para a China. Esta é a quarta vez em 2020 que o porto supera seu recorde operacional, figurando entre os maiores embarques do sul do Brasil.

 

O navio LOWLANDS ERICA integra a classe dos grandes graneleiros, do tipo capesize. Foi construído em 2007 e navega com bandeira do Panamá. Com 288 metros de comprimento e 45 de largura, deixou o porto com 13,5 metros de calado, distância da linha d'água até a parte mais baixa da quilha da embarcação. O agenciamento do navio foi realizado pela Friendship e a empresa Imbituba Logística Portuária (ILP) foi a operadora portuária responsável pelo embarque. 

 

“Apesar do contexto global de crise sanitária e de dificuldades econômicas, temos visto e trabalhado ativamente, em parceria com a Comunidade Portuária de Imbituba, o desenvolvimento de novos negócios para Santa Catarina, a aplicação de melhorias que trazem agilidade às operações, e a utilização da capacidade operacional e estrutura marítima do porto”, avalia Jamazi Alfredo Ziegler, diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Autoridade Portuária.

 

O minério de ferro embarcado no porto tem origem em Imbituba, a partir de um processo industrial de uma extinta indústria carboquímica do município. O produto é utilizado na produção de aço, tintas, entre outras aplicações. Este é o quinto navio de um projeto de exportação que reiniciou em dezembro de 2019.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Movimento intenso no acesso ao Porto de Imbituba

Enviando Comentário Fechar :/