X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

Drakos Beer Pub
EAD Cruzeiro do Sul
Open Food Churrasco Premium
Tributo Raul Seixas 30 anos
Snet Telecom
Pães e Cucas em Garopaba
Clube do Assinante Impresso Catarinense
King Barbearia
Raancon Construtora

Grupo marcha em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil

Os dados em Imbituba já preocupam a Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação

Por RSC Portal dia em Notícias

Grupo marcha em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Nesta sexta-feira (17), um grupo formado por crianças, assistentes sociais, psicólogos e agentes públicos saiu da prefeitura e seguiu pelas ruas do centro da cidade com cartazes, faixas e apitos em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantil (18 de maio). Com o Slogan “Faça Bonito – Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, a campanha visa ressaltar as inúmeras violações de direitos na vida de crianças e adolescentes.

O objetivo principal é o de ressaltar a responsabilidade do poder público e da sociedade no fortalecimento desses cuidados. A flor, que foi entregue aos imbitubenses que transitavam pelo centro da cidade, representa não só os desenhos realizados pelas crianças na primeira infância, mas é também associada ao cuidado e vulnerabilidade da criança.

Os dados em Imbituba já preocupam a Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação. “Os números relacionados à violência sexual infantojuvenil são considerados preocupantes. Em apenas cinco meses de 2019, oito menores de idade já foram vítimas de algum tipo de violência”, afirma a secretária Rosiane da Silva.

Comumente o medo da violência sexual é representado pelo estupro que ocorre na rua, cometido por desconhecidos. Porém, estatisticamente a maior parte dos abusos sexuais são cometidos por conhecidos, com quem a criança, adolescente ou a família possuem relação de confiança. Segundo dados do Boletim Epidemiológico, divulgado pelo Ministério da Saúde, 69,2% da violência sexual contra crianças ocorreu na própria residência em que elas viviam.

De 2011 a junho de 2018, o Disque 100 registrou mais de 180 mil denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes. Nem todos os crimes sexuais chegam a ser denunciados, portanto, o número total de casos deve ser muito maior.

O Disque 100 funciona diariamente, 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, anônima, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel (celular), bastando discar 100.

Com informações da campanha Faça Bonito.

Fotos: Israel Costa/Ana Cardoso

Confira galeria de fotos do artigo: "Grupo marcha em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil"

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Grupo marcha em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantojuvenil

Enviando Comentário Fechar :/