X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

Drakos Beer Pub
EAD Cruzeiro do Sul
Open Food Churrasco Premium
Tributo Raul Seixas 30 anos
Snet Telecom
Pães e Cucas em Garopaba
Clube do Assinante Impresso Catarinense
King Barbearia
Raancon Construtora

Garopaba e Imbituba já se mobilizam para imunizar comunidades

A programação nacional se estenderá até o dia 31 de maio com objetivo de contribuir para a redução das complicações das infecções causadas pelo vírus e a contaminação

Por RSC Portal dia em Notícias

Garopaba e Imbituba já se mobilizam para imunizar comunidades
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

No dia 10 de abril iniciou em todo território brasileiro a 21º Campanha Nacional contra a Influenza (vírus da gripe). A programação nacional se estenderá até o dia 31 de maio com objetivo de contribuir para a redução das complicações das infecções causadas pelo vírus e a contaminação. O Dia D será dia 4 de maio.

O vírus influenza causa uma infecção viral aguda do sistema respiratório e possui fácil transmissão. A doença pode evoluir para estágios mais graves e, em alguns casos, até a morte. Os sintomas são semelhantes aos da gripe, mas tendem a ser mais fortes.

Em Garopaba as salas de Imunização na Policlínica e Campo Duna funcionarão em horário normal das 8h às 12h e das 13h às 17h. As senhas serão entregues até as 11h no turno matutino e 16h no vespertino. A partir do 15 serão realizadas as vacinas nas comunidades, conforme tabela.

As programações para campanha vacinal de Imbituba você confere na tabela também. A gerente de Imunização, Joana Dias Melo, afirma que é importante que todos procurem se imunizar e ressalta que a campanha de imunização contra a Febre Amarela continua e deve ser aderida.

Grupos prioritários

Nos primeiros dias da campanha, de 10 a 19 de abril, apenas alguns grupos prioritários terão acesso a vacina. São eles as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas de até 45 dias após o parto.

A partir do dia 22 de abril todos os outros grupos prioritários terão acesso, como trabalhadores de saúde; professores; pessoas com mais de 60 anos ou mais; adolescentes e jovens com idade entre 12 e 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e funcionários; portadores de doenças crônicas e condições especiais; e povos indígenas.

Autistas, comunicante imunodeprimido e pessoas pós-bariátrica não são inclusos nesses grupos.

Atenção: A vacina não possui o vírus vivo e não causa a doença! Ela possue o vírus, porém inativo, fracionado e purificadi.

As possíveis reações após tomar a vacina são: dor no local da injeção, febre, mal estar e mialgia. Que pode ocorrer primeiras seis a doze horas da vacina e pode persistir no máximo até dois dias.

Saiba quando e onde se vacinar em Imbituba: 

Garopaba e Imbituba já se mobilizam para imunizar comunidades

Saiba quando e onde se vacinar em Garopaba: 

Garopaba e Imbituba já se mobilizam para imunizar comunidades

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Garopaba e Imbituba já se mobilizam para imunizar comunidades

Enviando Comentário Fechar :/