X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

Semana Nacional da Baleia Franca
Promoção Passeio Turístico ao Santuário Santa Paulina
EAD Cruzeiro do Sul
Open Food Churrasco Premium
Snet Telecom
Pães e Cucas em Garopaba
King Barbearia
Raancon Construtora

É hora de parar: Vasco tem prazo de três dias para se manifestar sobre caso de homofobia

Árbitro gaúcho Anderson Daronco relatou na súmula gritos dos torcedores vascaínos contra o time do São Paulo durante o jogo

Por Redação do RSC dia em Notícias

É hora de parar: Vasco tem prazo de três dias para se manifestar sobre caso de homofobia
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Foto: Agência O Globo

A Procuradoria da Justiça Desportiva deu prazo de três dias para que o Vasco da Gama preste esclarecimento sobre os cantos homofóbicos que partiram de alguns torcedores, no último domingo (25), durante jogo contra o São Paulo em São Januário.

O Vasco venceu a partida por 2 a 0. A procuradoria pede que o clube informe quais procedimentos foram adotados de forma preventiva e repressiva durante o episódio. Após o prazo de três dias, será analisada a possibilidade de denúncia contra o clube.

Pela primeira vez na história do futebol brasileiro, um jogo foi paralisado por conta de manifestações homofóbicas. O juiz Anderson Daronco relatou o fato na súmula, como orienta o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que, dependendo do caso, não descarta punições mais graves aos clubes, como multa, perda de pontos e até a eliminação do campeonato.

Fonte: ND+

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para É hora de parar: Vasco tem prazo de três dias para se manifestar sobre caso de homofobia

Enviando Comentário Fechar :/