X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Horóscopo Virtual:

X

Resultados das Loterias:

Conteúdo em destaque:

O Guaraná oficial de Imbituba
Carla Carvalho Studio Pilates e Suspensão
Clinica Odontológica Integrada
PAES E CUCAS
Mini Calzone Garopaba
Barbearia Vip Imbituba
Frutos de Goiás Imbituba
Tabacaria Cardoso
Z12 Sushi Imbituba
Snet Telecom
Zinata
Dedetizadora D.D. Sul

Deputados catarinenses partem para cima do Governo

CPI dos Respiradores convoca primeira reunião para terça-feira, 12

Por RSC Portal dia em Notícias

Deputados catarinenses partem para cima do Governo
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

A comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa que investigará supostas irregularidades na compra de 200 respiradores artificiais pelo governo catarinense fará a sua primeira reunião na próxima terça-feira (12), às 17 horas, no Auditório Antonieta de Barros. Os membros da CPI foram convocados para o encontro pelo presidente da comissão, deputado Sargento Lima (PSL), nesta quinta-feira (7).

Na reunião, os parlamentares vão deliberar sobre o pedido dos deputados João Amin (PP) e Laércio Schuster (PSB) para a acareação entre o secretário de Estado da Casa Civil, Doug las Borba, o ex-secretário de Estado da Saúde Helton Zeferino e a servidora Marcia Pauli, que participou do processo de compra dos respiradores pela Secretaria de Estado da Saúde.

Também será votado requerimento de João Amin para que o empresário Rafael Wekerlin e o controlador-geral do Estado, Luiz Felipe Ferreira, sejam ouvidos pela CPI. A empresa de Wekerlin, segundo informações veiculadas na imprensa catarinense, enviou ao governo proposta para venda de respiradores mecânicos, que teria sido copiada por outras empresas que participaram do certame. O empresário afirmou ter recebido pedido para pagamento de comissão de R$ 3 milhões para participar da licitação dos eq uipamentos.

Na reunião, os membros vão discutir, ainda, o roteiro de trabalhos da CPI, que terá 120 dias para apresentar seu relatório final. O objeto de investigação é a compra, com pagamento antecipado feito no começo de abril, de 200 respiradores artificiais, pelo valor de R$ 33 milhões, da empresa Veigamed, do Rio de Janeiro. Os equipamentos ainda não foram entregues. Além disso, os ventiladores teriam configuração inferior à que foi negociada inicialmente entre o Estado e a Veigamed. A comissão também vai investigar o suposto superfaturamento na compra.

A CPI foi instalada na última terça-feira (5) e tem como integrantes o presidente Sargento Lima, o vice-presidente Valdir Cobalchini (MDB), o relator Ivan Naatz (PL), além dos membros Moacir Sopelsa (MDB), Felipe Estevão (PSL), João Amin, Milton Hobus (PSD), Marcos Vieira (PSDB) e Fabiano da Luz (PT).

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Olá, deixe seu comentário para Deputados catarinenses partem para cima do Governo

Enviando Comentário Fechar :/